Por que a lentilha não pode faltar à sua mesa?

Por que a lentilha não pode faltar à sua mesa?

Bastante comum nas ceias de Natal e Ano Novo, principalmente em países como Brasil, Chile e Venezuela, a lentilha é importantíssima fonte solúvel e insolúvel de fibras e contribui para a saciedade.

Se você quer uma dica para perder peso com saúde, um conselho de “ouro” é incluir fibras na sua alimentação, como a lentilha, por exemplo.

Ocorre que as fibras solúveis auxiliam na regulação dos níveis de colesterol e de açúcar no sangue, promovendo uma absorção mais lenta de glicose e, portanto, evitando a hiperglicemia (nível elevado de açúcar no sangue).

Já a fibra insolúvel contribui por sua vez para o aumento de bolo fecal, o que previne a obstipação e outros problemas intestinais.

PROPRIEDADES DA LENTILHA

Lentilha “vermelha” (salmão)

Aminoácidos: lisina, histina, arginina, ácido aspartico, treonina, serina, ácido glutamico, prolina, glicina, alanina, cistina, vali na, metionina, isoleucina, leucina, tirosina, fenilanina e tritofano;

Enzimas proteolíticas: amilase, fosfate e fitase; Saponina: esculina; Flavo-nóide: kaempferol; Acidos ferulico e cumárico:

Sais minerais: cálcio, fósforo, ferro, cloro, sódio, potássio, enxofre, iodo, magnésio, alumínio, cobre, zinco, arsênico e selênio. Fibras e vitaminas A, B1, B2, B9 ( ácido fólico) e C.

O consumo regular de lentilha melhora consideravelmente as funções digestivas e cardiovasculares do organismo.

A lentilha possui ainda folato (ácido fólico ou vitamina B9), o que ajuda a diminuir os níveis de homocisteína, melhorando a oxigenação do sangue, dos tecidos e a saúde cardiovascular.

Por ser rica também em Ferro, e se consumida junto com alimentos ricos em vitaminas C (limão, laranja, acerola, goiaba), melhora a absorção desta vitamina por parte do organismo, sendo portanto indicada à pessoas que sofram com anemia, desnutrição, convalescência, deficiência de vitaminas e etc.

CONTRAINDICAÇÕES

Não existe qualquer contraindicação, exceto em pessoas com alergias à leguminosas (casos muito raros). Pode ainda ser consumida no lugar do feijão, ou mesmo como uma salada. Há quem a prefira na forma de sopa. Seja qual for o gosto, ela não faz mal algum à saúde.

TIPOS E CORES DE LENTILHA

Embora existam lentilhas de diversas cores, as mais fáceis de serem encontradas são as marrons um pouco esverdeadas (de cor caqui, na verdade).

As lentilhas francesas, na cor verde, são conhecidas como “Lentils du Puy”, e são consideradas as mais chiques e mais caras.

As vermelhas (com tonalidade mais voltada para o salmão), normalmente ficam douradas depois de cozidas. Já as lentilhas pretas, que costumam ser chamadas “Beluga”, são mais parecidas com o famoso “caviar”.

Seja qual for a cor ou o tipo, o fato é que a lentilha possui um ótimo valor nutricional, e portanto, é indispensável à sua dieta. Qualquer dúvida, envie sua pergunta ou entre em contato comigo!