Tudo sobre Leites Vegetais

Tudo sobre Leites Vegetais

O leite de vaca tem 4% de proteína, mas é pobre em magnésio. O de arroz, aveia, castanha ou nozes tem teor proteico maior, mas pouco cálcio. Gergelim, amêndoa e oleaginosas são ricas em cálcio e magnésio.

As bebidas vegetais também não substituem o leite do ponto de vista nutricional porque o tipo e a quantidade de proteínas são diferentes. Os leites vegetais são indicados para enriquecer o plano alimentar e para quem tem alergia à proteína do leite de vaca.

Para quem se preocupa com a obtenção de cálcio, abundante no leite animal, é essencial a suplementação no plano alimentar, caso a bebida seja preparada de forma caseira.

Os leites vegetais podem ser consumidos por pessoas que não tem alergia aos ingredientes do leite vegetal, algumas bebidas vegetais são calóricas e ricas em gorduras que podem engordar, eles oferecem vitaminas e minerais, potássio, selênio, cobre, zinco, manganês, magnésio e ferro.

Os leites vegetais podem ser preparados em casa desde que as sementes fiquem de molho em água, na geladeira, para germinar e reduzir os fatores anti-nutricionais.

 

  • Leite de amêndoas

Os principais nutrientes presentes neste leite são: Magnésio, cálcio, ferro, potássio, vitaminas do complexo b, vitamina E, fibras.

Leites vegetais não possui lactose e auxiliam no funcionamento do intestino e são livres de colesterol.

 

  • Leite de aveia

É rico em carboidratos, ácidos graxos essenciais, como o linoleico, antioxidantes, vitamina E, fibras e contém glúten não deve ser consumido por pessoas que tenham intolerância.

 

  • Leite de arroz

 

O leite de arroz é Rico em triptofano e vitaminas do grupo B, não possui colesterol, não possui gordura saturada ou colesterol, pacientes diabéticos devem ficar atentos a este leite, pois contém alto teor de carboidratos.

 

  • Leite de soja

O leite de soja possui Potássio, magnésio, isoflavona, vitaminas do complexo B, fonte de isoflavona, melhorando a tensão pré-menstrual.

É excelente para pessoas com diabetes: libera os açúcares pouco a pouco, mantendo este componente no sangue a níveis ótimos;

 

  • Leite de castanha do Para

O leite de castanha do para é rico em selênio, antioxidante, vitaminas E, vitaminas do complexo B e fibras, ômega 3 e 6.

Ajuda na recuperação celular e dá energia. Seu teor de fibras promove a sensação de saciedade.

 

  • Leite de nozes

Fonte de vitamina E, ácidos graxos ômega-3 e 6, polifenóis e oligoelementos, selênio, cobre, zinco, magnésio e vitaminas do complexo B.