Aprovado novo rótulo de alimentos pela ANVISA

Aprovado novo rótulo de alimentos pela ANVISA

Uma das principais mudanças é a inclusão de uma lupa como sinal
de alerta na parte frontal da embalagem de alimentos. Saiba mais:

por Consultoria Alimentar

Quase impossível ler os rótulos atuais!

Você costuma olhar a tabela nutricional dos produtos que compra nos supermercados? Não? Cá para nós, embora fosse a melhor forma de levar para casa alimentos mais saudáveis, muitas destas tabelas são praticamente ilegíveis! Letras muito pequenas, cores berrantes e tamanhos quase imperceptíveis na embalagem. Assim não dá. Contudo, um novo modelo de tabela nutricional entrará em vigor.

Isso mesmo. Foi aprovado no último dia 7, em decisão unânime da diretoria da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o novo modelo de rótulo nutricional que, logo após a publicação da norma, entrará em vigor daqui 24 meses – para grandes empresas produtoras de alimentos e 36 meses, para empresas de pequeno e médio porte.

A principal mudança diz respeito ao acréscimo de uma lupa, na parte frontal das embalagens, e que deverá apontar a presença exagerada de gordura, sal, açúcar, ou quaisquer ingredientes prejudiciais à saúde.

Tamanhos, cores e letras da nova Tabela Nutricional

Novos rótulos aprovados pela ANVISA

Os atuais dísticos (forma como as informações são publicadas) também serão modificados, a fim de facilitar ainda mais a compreensão das informações e a leitura.

Hoje, quaisquer alimentos dispostos nas prateleiras dos supermercados não possuem um padrão de tabela nutricional. Estas, aparecem em tamanhos, cores e letras diferentes – por vezes tão pequenas que mal dá para enxergá-las.

Com esta nova norma, as letras do rótulo de informação nutricional dos alimentos deverão ser pretas, estampadas em fundo branco e sofrerão um aumento de tamanho – corpo de 6 a 10.

As informações técnicas também serão modificadas. A nova tabela deverá apresentar a quantidade de açúcar total e a informação sobre a quantidade de açúcar adicionado, de forma bem clara e visível. As quantidades deverão ser de 100 gramas para sólidos ou semissólidos e 100 mililitros para líquidos.

Na parte frontal da embalagem

Na embalagem frontal, a lupa deverá seguir o mesmo padrão das informações nutricionais: imagem preta em fundo branco. O alerta deverá estar localizado na metade superior da embalagem, em uma única superfície contínua e ter a mesma orientação do texto das demais informações veiculadas no rótulo.

O tamanho do símbolo deve ocupar de 2% a 7% do painel principal da embalagem e varia de acordo com a quantidade de nutrientes críticos e com a dimensão do pacote.

Que tal a sua empresa sair na frente da concorrência e já começar a estampar os produtos com estas informações? Tais mudanças ocorrem para o bem do consumidor, que é o seu público alvo, então, porque não agradá-lo desde já e fidelizá-lo?

A Consultoria Alimentar está à sua disposição para orientar quanto a essa mudança e preparar a sua empresa para um novo mercado.

Entre em contato com a Consultoria Alimentar!

Atendimento via What’s App 11 98525-1138 / 11 99228-8515.