A tecnologia das embalagens no mercado dos alimentos

A tecnologia das embalagens no mercado dos alimentos

Como a tecnologia das embalagens revoluciona o mercado e garante que mais saúde chegue à mesa dos consumidores?

As embalagens articuladas para frutas, também chamadas termo-formadas, reduzem os prejuízos no agronegócio!

As embalagens que hoje, ajudam tanto ao industrial quanto ao agricultor a venderem os seus produtos, também podem ajudá-los a ampliar as margens de lucro, reduzindo as perdas e contribuindo para uma maior conservação do meio ambiente. Este é o intuito da tecnologia das embalagens.

Não basta apenas ser bonita, fácil de abrir ou prática de usar. Não basta apenas chamar a atenção para vender mais. É preciso que garanta também a qualidade, a durabilidade e o valor nutricional dos alimentos e bebidas.

Este é um dos desafios da indústria dos alimentos: pensar em novas tecnologias de embalagens, que permitam aumentar a conservação dos produtos sem prejudicar o sabor, a qualidade e a saúde alimentar dos consumidores.

Embalagens “Longa-Vida”

A tecnologia das embalagens no dia a dia da indústria e agronegócio!

A longo dos anos tem se estudado várias maneiras de manter a qualidade dos alimentos e reduzir a perda de nutrientes, garantindo a distribuição e a disponibilidade.

De fato, a tecnologia de alimentos tem alcançado inúmeros avanços. Principalmente na área de conservação e embalagens de alimentos. É o caso das embalagens “longa vida”. Aquelas, por exemplo, onde compramos os leites e alguns sucos, por exemplo. Estas embalagens são compostas por 6 camadas de materiais:

  • 4 de polietileno
  • 1 de papel e
  • 1 de alumínio

Todas essas camadas criam uma barreira protetora que impede a entrada de luz, ar, água e micro-organismos.

Mantendo as características originais dos alimentos e bebidas, tais como sabor, valores nutricionais e o aroma – sem a necessidade de conservantes.

Há pouco tempo era difícil imaginar, por exemplo, um iogurte que não precisasse estar na geladeira. No entanto, atualmente, isso é uma realidade, ou seja, encontramos nos supermercados um iogurte em temperatura ambiente, com prazo de validade maior e ao mesmo tempo com todas as características sensoriais e nutricionais preservadas.

Embalagens para reduzir perdas no agronegócio!

Outro exemplo dos avanços da tecnologia das embalagens, são as embalagens articuladas para frutas, criadas para reduzir o desperdício de produtos, aumentando a oferta sem interferir no agronegócio.

As embalagens articuladas de frutas fazem parte de um projeto de pesquisa, que envolve a EMBRAPA; o Instituto Nacional de Tecnologia e o Instituto de Macromoléculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Foram desenvolvidas, por exemplo, embalagens para manga, caqui e mamão em duas partes: sendo a primeira parte flexível, podendo ser fechada e aberta facilmente, ocupando muito menos espaço ao ser guardada; e a segunda parte, que é a termo-formada, que possui tamanhos diferentes, conforme os tamanhos e formas dos frutos.

São embalagens fáceis de manusear e que aumentam a velocidade na hora de embalar os produtos da indústria, favorecendo também a conservação dos mesmos. Reduzindo a quantidade de plástico muitas vezes utilizado, sendo em grande parte biodegradáveis e favorecendo as causas ambientais.

A tecnologia das embalagens reduz prejuízos!

Nas embalagens articuladas para frutas, uma outra vantagem é que as temperaturas perpassam todos os espaços da embalagem, promovendo uma climatização homogênea para todos os frutos, o que impede por exemplo que no frio alguns estraguem de forma mais rápida do que outros.

Enquanto algumas embalagens de morango, por exemplo, em formato de “cumbuquinha”, prejudicam a conservação do fruto, visto que os morangos uns por cima dos outros estragam mais rápido. Com a embalagem em forma de “telhadinho”, cada morango tem o seu espaço, sendo muito bem acomodado e sem risco de estragar.

São algumas ideias que visam reduzir as perdas das frutas e hortaliças, que podem chegar a 35% no agronegócio, gerando prejuízos à indústria. Desta forma, por exemplo, tornou-se possível exportar o mamão do Brasil para a Holanda, em 2019, com uma perda inferior a 1,5%.

Entre em contato com a Consultoria Alimentar!

Comece o ano de um jeito diferente. Chame a nossa equipe para uma avaliação criteriosa e veja o quanto o conhecimento e a experiência da Consultoria Alimentar podem te ajudar a crescer cada dia mais. Basta querer, acreditar e claro, nos chamar!

Aprimore as suas embalagens e reduza as perdas. Amplie os seus lucros e torne-se uma referência!

Entre em contato nos telefones 11 2307-8992 / (WhatsApp) 11 99228-8515 e comece uma nova fase em seu negócio. Boas Festas e um 2022 repleto de sucesso em sua empresa.